Os fios de dentro de nós


  Olá pessoal, algum tempo atrás tinha concluído a leitura do livro Cidade de papel, que contém uma ótima historia para se ler e fazer variados tipos de reflexões. Fiquei dias, ou melhor falando, até hoje refletindo sobre passagens do livro e hoje irei comentar com vocês a minha reflexão sobre uma delas.
  
   Essa passagem é do início livro, que ocorre um suicídio e Margo no fim do prólogo diz  ˝Talvez todos os fios dentro dele tenham se arrebentado.˝ .  Ao ler eu não entendi e fiquei por muito tempo pensando sobre isso, no que se referia os tais fios dentro de nós.
 E cheguei a uma conclusão de que eles podem ser sentimentos, que muita vezes nos enlouquecem, ou pessoas que colocamos como prioridade que amamos e são importantes para nós, ou ambos. Mas o que leva-nos a achar que tudo perdeu o sentido, que os fios que nos estabilizam se romperam, levando a gente a simplesmente a desistir da vida e arrancá-la? Eu não cheguei a respostas conclusivas e nem esperava chegar, mas todo esse pensamento me fez tentar descobrir o que realmente tem valor para mim, o que faz minha vida ser significativa e se por algum motivo valeria a pena tirá-la.
   
  Se vocês leram Cidade De Papel e quiserem acrescentar mais reflexões sobre o livro, ou mesmo quem não leu quiser fazer sua reflexão sobre o trecho comentado e só deixar nos comentários que ficarei ansioso para ler. 
  Até mais….