É só uma fase..


Sabe aquela sensação de inferioridade, quando você se sente inútil e não consegue fazer nada que agrade nem a si mesmo e nem a ninguém? Acho que todas nós já nos sentimos assim um dia, ou ainda sentimos.. Parece que ninguém te entende. Às vezes você quer fazer uma coisa boa pra alguém ou pra si mesma, mas em tudo o que faz nada dá certo, é como se tivesse vivendo uma vida errada, a vida que não era pra ser sua.

"Ser diferente é ser normal", que frase mais clichê pra essas situações indesejáveis. Nessas horas me pergunto se essa é a mesma razão pelas quais os suicidas se jogam de prédios ou cortam seus próprios pulsos. A dificuldade da vida nos torna tão fracos que nem percebemos o quanto ela pode vir a ser bela futuramente, quando soubermos lidar com esse tipo de situação. Nós perdemos muito tempo preocupadas com nada, mas faz parte.

No momento de fraqueza e tristeza apenas coisas ruins passam pela cabeça, é só o que pensamos.

Adolescência é complicada, quem sou eu pra dar conselhos se estou passando por essa mesma fase "bipolar"? Uma hora estamos bem outrora nem tanto, e pensar que tudo isso é o começo da vida adulta.

Já parou pra pensar que talvez a vida seja como uma peneira? Só consegue seguir em frente quem é forte o bastante pra aguentar o tranco e o choque de realidade ao saber que a ela não é um mar de rosas. É a fase onde amamos e odiamos a nós mesmos por coisas pequenas e estúpidas, porém talvez seja a fase que mais sentiremos falta no futuro.

Aos 18 queremos saber tanta coisa da vida, ter certeza de tudo, se é bonita o bastante pro "crush" te notar, se beija bem, se vai passar no vestibular, qual será a sua profissão... Coisas que hoje tem muita importância mas que amanhã talvez não faça tanta diferença, ter certeza de tudo pode nem ser tão bom quanto parece.

Mas voltando ao assunto da inferioridade, não se sinta assim. Faça como Jim Carrey e tire sarro das coisas da vida, ou vocês acham que o cara não sofreu de depressão por ser tão diferente e único comparado com quem convivia na adolescência?.. Caso se sentir estranha comparado a alguém que você acha tão linda capaz de sentir até um certo "recalquezinho", se aceite como é sendo estranha ou não. Na realidade você se considera assim porque é diferente dos outros, mas um dia vai encontrar outro alguém que sente o mesmo e vai se identificar, se é que esse alguém já não esteja por perto e você nem parou pra procurar. E nem pense em se sentir mal por parecer gordinha! Tem muito "boy magia" que adora garotas fofinhas. 

Se você for talvez uma "despeitada" como eu (garota com pouco peito) lembre-se: é melhor ser "despeitada" e ter orgulho do próprio corpo do que só usar sutiã com bojo, garotos se decepcionam quando descobrem que uma garota tem peitos falsos rss.

Temos que erguer os braços e sentir orgulho por ser quem somos! Gosto não se discute, é a diferença entre as pessoas que te faz ser o que é, especial.

Você aí, que tá lendo, aposto que alguém te acha muuuuuuuuito especial, agora só precisa descobrir isso em si mesma. Joga aquele papo de ser inferior e inútil no lixo, só é assim quem se sentir assim.. 
Esquece isso menina, é só uma fase!